Acerca de mim

A minha foto
Sintra/Miranda do Douro, Portugal
Gosto de pintar,de escrever e de fazer trabalhos manuais.Sou simples e verdadeira. Tenho que pôr paixão naquilo que faço, caso contrário fico com tédio. Ensinar, foi para mim uma paixão; escrever e pintar, continua a sê-lo. Sou sensível e sofro com as injustiças do Mundo. A minha primeira língua foi o Mirandês. Escrevo nessa língua no blog da minha aldeia Especiosa em, http://especiosameuamor.blogspot.com em Cachoneira de Letras de la Speciosa e no Froles mirandesas.

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Num aroma picante de gengibre




Se quiseres sentir o pulsar do meu coração
e o aroma que todas as manhãs ponho na pele
em salpicos picantes de colónia de genjibre;
se quiseres sentir as cores quentes
a incendiar-me o rosto,
vindas dum pôr de sol de fogo,
segue o meu olhar...

São as cores do sol poente que me cativam,
me enlouquecem e obrigam
a partir desnuda para o outro lado do universo.
Uma brisa tapa-me o corpo,
tapa destapando,
tapa desnudando e excitando
os olhos famintos na ponta dos versos.

Espraio o olhar sobre o azul dos cabeços,
silhueta do planalto dourado,
dunas dum mar noutro hemisfério,
onde as acácias flamejantes reflectidas no espelho d´água,
as nuvens brancas de flamingos em voo matinal,
despertam com a fragancia do meu pulsar.

Assim parto!,…
estendo-me nas dunas,
adormeço com o rebentar das ondas,
voo com as gaivotas,
pouso no mastro do navio
e nele regresso.

2 comentários:

Seguidores

Arquivo do blogue